2006 Bloco Maçonaria austríaca - Mozart

Código: PQ5WTV7MJ
R$ 25,00 R$ 15,00
Comprar Estoque: Disponível
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

No dia 14 de dezembro de 1784, Mozart, com sua iniciação, é oficialmente admitido no seio da maçonaria. Vale a pena lembrar aqui que toda a sua carreira desenvolveu-se num ambiente de algum modo paramaçônico, e seria pontuada por uma série de fatos significativos a esse respeito. Aos 16 anos, em 1772, Mozart compõe uma ária sobre as palavras de um hino ritual, O heiliges Band. No ano seguinte (1773), é escolhido por Gebler, como já vimos, depois da defecção de dois músicos maçons, um dos quais Gluck, para escrever a música de cena do drama maçônico “Thamos”, de que já fizemos notar a analogia de assunto com a Flauta, e que ele remaneja em 1779. Quando viaja a Paris, em 1778, leva no bolso uma recomendação de von Gemmingen para os maçons da capital francesa, especialmente para os membros da Loja Olímpica cujos concertos estão ligados aos do Concerto Spirituel, dirigido por Lê Gros, o qual é membro da Loja Saint Jean d’Écosse du Contrat Social. Von Gemmingen o espera na volta, em Mannheim, para propor-lhe a Semíramis de que já falamos. Van Swieten e von Sonnenfelds são seus companheiros, bem antes que ele fique sabendo das altas funções que desempenham na maçonaria vienense. Como se vê, a iniciação de Mozart não foi um gesto teatral, mas o termo de uma evolução lentamente preparada, a mesma que ele procurará retratar simbolicamente no primeiro ato da “Flauta mágica”.

R$ 25,00 R$ 15,00
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • Depósito Bancário
  • PayPal
  • PagSeguro
Selos
  • Site Seguro

I. H. Teles - BRAZIL STAMPS & COMUNICAÇÕES - CNPJ: 21.154.692/0001-00 © Todos os direitos reservados. 2017